Portugal en México

Conselhos para turistas e imigrantes: tudo o que precisa saber para aproveitar ao máximo e desfrutar deste paraíso

Tag: Portugal

A Embaixada Portuguesa difunde o seu vinho no México

No 23 de maio de 2012 foi realizado o evento exclusivo do “Vinho Português no México”, organizado pelo embaixador português no México, João Caetano da Silva. O evento, foi realizado na Casa Portuguesa, restaurante localizado na Colónia Polanco e renomeado expoente no México da cozinha do seu país. Este contou com o apoio da mesma Casa Portuguesa, de alguns dos principais importadores de vinho e da revista Catadores.

A indústria do vinho é uma parte fundamental da riqueza de Portugal e cobre grande parte do seu território. A partir do século XIV, este país tem sido um importante produtor e exportador de uma vasta gama de vinhos de alta qualidade em quase todas as categorias: vermelho e branco seco, rosa, espumosos e, claro, os do Portos e Madeira, hoje dia considerados um emblema nacional.

No Norte, perto da cidade do Porto, elaboram-se grandes tintos com uvas cultivadas nos terraços do rio Douro, de onde também vêm as uvas para o Porto. Também no Norte, há notáveis vinhos brancos nas denominações Vinho Regional Minho, o Vinho Verde, nos que se utiliza as cepas como Alvarinho, Arinto, Loureiro e Trajadura. No Alentejo, a sul de Lisboa, alguns dos vinhos tintos mais famosos do país são produzidos. Estes são apenas exemplos da grande variedade de vinhos produzidos nas 29 denominações de origem controlada que existem em Portugal.

Comunidade portuguesa no México

A importância da comunidade no portuguesa no México, que tem uma presença significativa em áreas de negócios da indústria e comércio, tem ajudado a difundir o conhecimento destes grandes vinhos secos, de Portugal, cuja importação tem vindo a crescer nos últimos anos anos. Com este evento a Embaixada de Portugal pretende expandir ainda mais o círculo de conhecedores dando aos fãs a oportunidade de provar vinhos de diferentes regiões do país, incluindo uma variedade de Vinhos do Porto.

Assitiram à Presença do Vinho Português no México mais de 100 pessoas, incluindo profissionais alimentares líderes, proprietários de restaurantes, sommeliers, chefs, gerentes e diretores de alimentos e bebidas.

Os convidados puderam degustar mais de 50 vinhos brancos, vermelhos, rosas, espumantes, portos e Madeiras, fornecida por nove dos importadores mais notáveis do país. Este evento, sem dúvida, contribui para aumentar a visibilidade e conhecimento de vinho feito em Portugal, cuja qualidade pode cativar o paladar mais exigente e os grandes apreciadores de vinho.

 

Restaurantes de cozinha portuguesa no México

Cidade do México dá-nos a oportunidade de provar as delícias de outros países nos seus restaurantes. Saborear o delicioso bacalhau e inúmeras receitas de Portugal nestes restaurantes tradicionais. Não deixe de experimentar estes restaurantes e deliciar-se com boa comida.

  • Casa Portuguesa

A decoração do restaurante recria a uma Lisboa romântica com piso de madeira e pinturas nas paredes de referência a um antigo porto. A música ao vivo ajuda-o a aclimatar-se e a transportar-se, através de um ou mais dos seus sentidos, ao lugar retratado nas paredes.

Para abrir o menu, pode pedir o bacalhau no forno cozido com azeitonas, batatas cortadas e cebolas, uma das receitas mais emblemáticas da carta. Anos de experiência têm servido para aperfeiçoar a arte de cozinhar bacalhau cozido. Acompanhe-lo com arroz preto, que vem preparado com peixe, lulas, polvo, amêijoas e tinta de lula. Os dois são para partilhar com uma ou mais pessoas.

Para a sobremesa, o pastel de natas feitos na famosa pastelaria Da Silva. Isto, combinado com excelente vinho português a preços acessíveis, dará uma visão clara da gastronomia e cozinha dos chefes Maria da Silva e Francisco Zamudio.

  • Lvsitano

Em Lvsitano dão valor aos sabores caseiros de Portugal. O chefe Bruno Oliveira Da Silva sabe que a cozinha mediterrânica é consegue-se com combinações simples de especiarias que enfatizam os ingredientes centrais dos seus pratos.

É aí que o bacalhau, em seis diferentes opções, torna-se o rei da casa. Sabe igual que tivesse sido preparado num pequeno lugar no porto de Lisboa. Penso nesta cidade frente ao mar, pela sua simplicidade e frescura, dominante nas cozinhas portuárias.

Na mesa do Lvsitano, fritar é uma arte e as preparações rápidas são viciantes pela sua simplicidade. “Caseiro” não deve ser interpretado como “da vovó”. Embora, possa encontrar vestígios da cozinha tradicional Português, há também a inovação em sabores típicos. Como exemplo, os camarões com manteiga e pimenta, os bolinhos de bacalhau, amêijoas com alho e molho de vinho branco, ou bacalhau com feijão.

A adega tem uma boa selecção de vinhos portugueses, como o emblemático vinho verde agulha e ligeiramente ácido, cujo nome fala da pouca idade da uva. Tome um para começar.

Um dos destaques do Lvsitano é que prepara menus diários acessíveis, cujo selo de comida caseira prevalece.

Um restaurante que ainda tem que melhorar o ambiente, mas cuja cozinha se destaca pela sua contundência e sabor.

  • Bacalhau

O nome do lugar é devido ao bacalhau e este peixe aparece na maioria dos pratos que oferecem. Os aperitivos, saladas, sopas e pratos principais vêm directamente de Lisboa, com um distinto menu de aparência e sabor.

A pouca iluminação e acabamentos de paredes interiores como parte da decoração são um estilo europeu acolhedor. Por isso, a partir da entrada vai sentir um ambiente agradável. Pode acompanhar a selecção de músicas de gypsy swing e jazz com um bom copo de vinho tinto Português.

Os bolinhos cumprimentarão o seu paladar com um puré de bacalhau em flocos, batata e queijo derretido. Depois, há as empanadas lagos, feitas instantaneamente e recheadas com legumes e pimento vermelho para combinar com o peixe. Dificilmente encontrará um prato principal que não capte a sua atenção. Mas eu recomendo o bacalhau com natas, que é servido numa caçarola.

Não se preocupe, sobremesas não são feitos com bacalhau, mas com ingredientes tradicionais portugueses. O tulip de figo, por exemplo, é para fechar com chave de ouro, porque vem com gelado feito pela casa, figos e molho do porto. Esta mistura de ingredientes repousa sobre uma cesta de biscoito crocante com sabor de baunilha.

Bom gosto para a decoração e a selecção tornam o bacalhau numa experiência que você vai querer repetir.

 

© 2017 Portugal en México

Theme by Anders NorenUp ↑