Restaurantes de cozinha portuguesa no México

Restaurantes

Cidade do México dá-nos a oportunidade de provar as delícias de outros países nos seus restaurantes. Saborear o delicioso bacalhau e inúmeras receitas de Portugal nestes restaurantes tradicionais. Não deixe de experimentar estes restaurantes e deliciar-se com boa comida.

  • Casa Portuguesa

A decoração que recria a uma Lisboa romântica com piso de madeira e pinturas nas paredes de referência a um antigo porto. A música ao vivo ajuda-o a aclimatar-se e a transportar-se, através de um ou mais dos seus sentidos, ao lugar retratado nas paredes.

Para abrir o menu, pode pedir o bacalhau no forno cozido com azeitonas, batatas cortadas e cebolas, uma das receitas mais emblemáticas da carta. Anos de experiência têm servido para aperfeiçoar a arte de cozinhar bacalhau cozido. Acompanhe-lo com arroz preto, que vem preparado com peixe, lulas, polvo, amêixoas e tinta de lula. Os dois são para partilhar com uma ou mais pessoas.

Para a sobremesa, o pastel de natas feitos na famosa pastelaria Da Silva. Isto, combinado com excelente vinho português a preços acessíveis, dará uma visão clara da gastronomia e cozinha dos chefs Maria da Silva e Francisco Zamudio.

  • Lvsitano

Em Lvsitano dão valor aos sabores caseiros de Portugal. O chef Bruno Oliveira Da Silva sabe que a cozinha mediterrânica é consegue-se com combinações simples de especiarias que enfatizam os ingredientes centrais dos seus pratos.

É aí que o bacalhau, em seis diferentes opções, torna-se o rei da casa. Sabe igual que tivesse sido preparado num pequeno lugar no porto de Lisboa. Penso nesta cidade frente ao mar, pela sua simplicidade e frescura, dominante nas cozinhas portuárias.

Na mesa do Lvsitano, fritar é uma arte e as preparações rápidas são viciantes pela sua simplicidade. “Caseiro” não deve ser interpretado como “da vovó”. Embora, possa encontrar vestígios da cozinha tradicional Português, há também a inovação em sabores típicos. Como exemplo, os camarões com manteiga e pimenta, os bolinhos de bacalhau, amêixoas com alho e molho de vinho branco, ou bacalhau com feijão.

A adega tem uma boa seleção de vinhos portugueses, como o emblemático vinho verde agulha e ligeiramente ácido, cujo nome fala da pouca idade da uva. Tome um para começar.

Um dos destaques do Lvsitano é que prepara menus diários acessíveis, cujo selo de comida caseira prevalece.

Um restaurante que ainda tem que melhorar o ambiente, mas cuja cozinha se destaca pela sua contundência e sabor.

  • Bacalhau

O nome do lugar é devido ao bacalhau e este peixe aparece na maioria dos pratos que oferecem. Os aperitivos, saladas, sopas e pratos principais vêm diretamente de Lisboa, com um distinto menu de aparência e sabor.

A pouca iluminação e acabamentos de paredes interiores como parte da decoração são um estilo europeu acolhedor. Por isso, a partir da entrada vai sentir um ambiente agradável. Pode acompanhar a seleção de músicas de gypsy swing e jazz com um bom copo de vinho tinto Português.

Os bolinhos evora cumprimentarão o seu paladar com um purê de bacalhau em flocos, batata e queijo derretido. Depois, há as empanadas lagos, feitas instantaneamente e recheadas com legumes e pimento vermelho para combinar com o peixe. Dificilmente encontrará um prato principal que não capte a sua atenção. Mas eu recomendo o bacalhau com natas, que é servido numa caçarola.

Não se preocupe, sobremesas não são feitos com bacalhau, mas com ingredientes tradicionais portugueses. O tulip de figo, por exemplo, é para fechar com chave de ouro, porque vem com gelado feito pela casa, figos e molho do porto. Esta mistura de ingredientes repousa sobre uma cesta de biscoito crocante com sabor de baunilha.

Bom gosto para a decoração e a selecção tornam o bacalhau numa experiência que você vai querer repetir.